Terapia de casal após a chegada dos filhos pode salvar seu relacionamento. Entenda!

 Terapia de casal após a chegada dos filhos pode salvar seu relacionamento. Entenda!

Se existe um casal que não teve dificuldades na adaptação da nova rotina após a chegada do bebê, eu não conheço, nunca vi! Cansaço, noites mal dormidas, rotina nova, falta de tempo e de espaço são algumas das queixas no consultório da Dra. Luciana Katrip, psicóloga clínica há 13 anos especialista em terapia de casais.

Basicamente, a terapia de casais funciona ao promover o diálogo que deveria acontecer espontaneamente entre o casal e desbloquear os motivos pelos quais isso não ocorre.

São muitos os motivos que levam os casais a esse tipo de terapia, mas é fundamental considerar que existem sempre dois tipos de problemas: os individuais de cada pessoa e os problemas conjuntos. A partir disso, o psicólogo tenta entender a forma como cada um entende as situações vividas e porquê existe o conflito.

Perda de identidade
Geralmente, após a maternidade, as mulheres se queixam da falta de tempo para si, ou seja, do quanto o bebê depende 100% dela, o que acaba tirando não seu sono, mas também todo o tempo da mulher. Ressalto que a perda do espaço e da liberdade do casal é uma das queixas mais frequentes apresentadas pela mulher.

Ter filhos exige bastante disponibilidade física, mental, financeira e outros adjetivos, como paciência, dedicação, disposição, doação. Sugiro que essas mudanças sejam trabalhadas psicologicamente no decorrer da gestação para que a mulher não sinta um impacto tão grande na prática.

Quem não dorme bem, passa o dia mal, em todos os sentidos mal humorado e alterado, afetando a relação.

Acontece em todos os casais?
Por mais que o casal se conheça, e estejam numa relação estável a chegada de um filho é sempre um diferencial na vida de todo casal, onde eram dois agora são três, quanto mais tarde o casal decide por ter filhos mais difícil será a adaptação, pois estão priorizando suas vidas profissionais e o “espaço” para o bebê fica cada vez menor.

Um dos momentos importantes para buscar uma psicoterapia de casal é quando o casal começa a responsabilizar a chegada do bebê pelo desgaste da relação, o que na verdade, essa situação só intensificou problemas que já existiam e não foram resolvidos antes da chegada do filho (a).

A cumplicidade, o diálogo, o companheirismo entre o casal antes da chegada do bebê é fundamental para que ambos consigam passarem por esse período de adaptações de uma maneira mais tranquila.

E mesmo após o nascimento do filho (a), devem manter esta cumplicidade enquanto casal, pois não podem se esquecer que independentemente de serem pai e mãe são um casal e precisam manter o amor que os uniu.

A Dra. Luciana Katrip atende em Santo André na Avenida Lino Jardim, 697 – Vila Bastos.