Seu filho ainda não fala? Veja os sinais que podem indicar autismo

 Seu filho ainda não fala? Veja os sinais que podem indicar autismo

Quando se trata do transtorno do espectro autista a informação e o conhecimento são ferramentas muito importantes para evitar que as crianças sofram pressões ou situações desnecessárias. É muito importante que os pais e familiares saibam reconhecer os principais pontos, ou os mais comuns, podemos dizer, que evidenciam o autismo nos pequenos, e assim agir para que ele possa se desenvolver em meio à sociedade de uma forma saudável.

Para nos auxiliar com essa questão tão importante procuramos alguém de peso no assunto, Ana Carolina de Arruda (Avenida Kennedy, 1230 – Jardim do Mar, São Bernardo), psicóloga e pedagoga, pós graduada em Análise do Comportamento Aplicada (ABA), pela Univesidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Especialista no assunto do autismo, ela possuí anos de experiência atuando com crianças e adolescentes, e auxiliando pais nesse processo de transição e identificação de transtornos.

ana carolina de arruda com vipzinho

Segundo Ana Carolina, o Transtorno do Espectro Autista é caracterizado pelo atraso no desenvolvimento nas áreas de interação social, comunicação e comportamento. E para cada criança as características e comportamentos que definem o autismo, assim como suas dificuldades e desafios serão diferentes, sendo necessário sempre a avaliação completa de um profissional para se assegurar.

Veja a seguir 7 dos comportamentos mais típicos do autismo

1- Isolamento social

As crianças que se enquadram no espectro autista costumam se manter sozinhas, o que é bem perceptível nos momentos e brincadeira, onde ela provavelmente irá preferir brincar por conta própria.

ana carolina de arruda com vipzinho

2- Alterações sensoriais

Tudo munda diante do ponto de visão deles. Os barulhos, odores, toques, sabores alteram e cada um pode representar algo diferente causando uma hipersensibilidade. 

3- Ausência ou pouquíssimo contato visual

Assim como outras características, pode variar de caso para caso, de criança para criança. Portanto, é importante não se deixar levar apenas por um único fator e realmente avaliar o quadro como um todo.

4- Dificuldade na linguagem

Pode ser percebida de variadas formas, através de algumas palavras que não conseguem ser pronunciadas, ou também pelo não uso da palavra eu, sendo utilizado normalmente a terceira pessoa. Também é possível encontrar aqueles que acabem utilizando uma linguagem muito rebuscada, que seria fora da sua faixa etária

autismo na infância com vipzinho

5- Hiperfocos

Esse é um dos tópicos que é muito representado em filmes. Basicamente significa que eles passam a buscar e guardam muito bem o conhecimento sobre o tema que mais se sentem atraídos, seja ele qual for.

6- Não brincam de uma maneira funcional

As crianças autistas tendem a não brincar de maneira funcional, ou seja, não realizam uma associação clara de dois ou mais objetos, como, por exemplo, utilizar uma colher para alimentar uma boneca.

7- Dificuldade com mudança de rotina ou imprevistos

As crianças dentro do espectro do autismo costumam ter interesses repetitivos e de certa forma é confortável para eles que se tenha uma rotina bem estabelecida, porém quando há necessidade de mudar algo nesse processo eles acabam tendo fortes crises.

autismo na infância com vipzinho

É muito importante que se lembre de que essas são apenas algumas das características do transtorno e não é somente através delas que se irá diagnosticar as crianças, portanto, o acompanhamento de um profissional é fundamental. Ana Carolina trabalha cada caso de forma única e especial, recebendo as crianças com atenção e carinho, trabalhando através de jogos, brincadeiras e atividades interativas para que os pequenos possam estar a vontade e se desenvolver. Também trabalha junto aos pais, para acomodar toda a família nessa nova fase.