Saga: Oficinas gratuitas de férias auxiliam crianças a se profissionalizar nos games

 Saga: Oficinas gratuitas de férias auxiliam crianças a se profissionalizar nos games

O vício em games é uma realidade nos dias atuais, tendo sido reconhecido em 2022 como uma doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O vício ficou conhecido como um distúrbio que pode ser identificado com base em um padrão de comportamento sobre perda de controle no tempo de jogo, incluindo a prioridade dada aos jogos em relação às tarefas, trabalho, escola, família e relações sociais em geral, além da escolha de se manter frente a tela, mesmo com repercusões negativas.

Para os pais, que observam o aumento do interesse por games e jogos eletrônicos, os dados são preocupantes. Porém, existem soluções práticas e estimulantes para crianças e jovens redirecionarem seu apreço pelos jogos de maneira produtiva e não prejudicial. Dessa forma também não é preciso criar conflitos, já que não se reprime os seus gostos.

vício em games

A solução para transformar o problema em uma profissão está presente na escola de desenvolvimento de games, arte digital e animação, a Saga (Rua Luís Pinto Fláquer, 519, Centro), que está presente em Santo André, no ABC Paulista.

“Lá é possível se conectar com esse universo dos games, atuando do outro lado do processo, estimulando a criatividade e imaginação, além de trabalhar com as técnicas, desde as mais simples até as mais avançadas de desenvolvimento de jogos, incluindo opção para aprender modelagem e animação.” Observa Rosah Gyurkovitz – Coordenadora de Relacionamento e Parcerias da SAGA.

Anúncio:

Também há um curso especilmente pensado para tornar os jogadores em pro players de Fortnite, o jogo que é uma verdadeira febre on-line. Outras opções incluem edição e composição de vídeos, e designer digital. E quanto mais cedo se inicia o estudo, mais produtivo poderá ser o futuro na indústria.

saga escola de games e jogos em santo andré

A Saga de Santo André também oferece oficinas gratuitas para introdução aos games, introdução ao motion design e introdução ao photoshop. Estas, voltadas para crianças a partir de 11 anos, permitem conhecer melhor a estrutura do espaço e criar uma abertura para o mundo da criação de jogos.

Durante as aulas os alunos são acompanhados e ensinados por uma equipe de profissionais super qualificados, que já atuaram ou atuam ainda em estúdios de animação, servindo também de inspiração e dando ainda mais peso ao nome já relevante da instituição. Leticia Gillet, que hoje atua na Disney e na Blizzard, por exemplo, já abrilhantou a equipe da unidade.

Prontos para adentrar o universo dos games e tornar o vício em algo produtivo?

jogos eletrônicos como profissão


Quer saber mais na palma da sua mão?

Faça parte do nosso grupo de WhatsApp e receba boletins diários com tudo para as crianças no ABC paulista. Clique aqui e participe!

 

Anúncio:
Tendall Grill - Rudge Ramos