Não é só o Covid-19: Veja outras doenças contagiosas que afetam as crianças

 Não é só o Covid-19: Veja outras doenças contagiosas que afetam as crianças

Não é incomum que de tempos em tempos o mundo todo passe e sinta o impacto gerado por alguns tipos de doenças contagiosas. Muito antes do Covid-19 tomar sua proporção gigantesca, outras enfermidades afetaram a vida e rotina das famílias, muitas vezes tendo como alvos principais as crianças, que por estarem ainda em desenvolvimento, acabam por não ter os mecanismos necessários para o combate biológico. 

doenças contagiosas no vipzinho

O isolamento social e a quarentena também não são novidades na história, já tendo ocorrido em séculos passados em meio a presença da peste negra e da lepra. Elas não são as únicas que preocuparam, e ainda demandam atenção de pais e mães ao redor do país e do mundo. Essas doenças são:

  • influenza ou gripe;
  • catapora;
  • sarampo;
  • diarreia;
  • rubéola;
  • caxumba;
  • roséola infantil.

Segundo a Clinep (Av. Lino Jardim, 898 – Vila Bastos, Santo André), clínica de especialidades pediátricas, todas as doenças contagiosas costumam se disseminar de maneiras parecidas, atuando muito através de dois métodos. Ou por meio de contato, entre o paciente e outras pessoas, incluindo contato com objetos, ou também por transmissão através das vias respiratórias, muito comum quando se fala, tosse ou espirra, por conta desta é recomendado o uso de máscaras.

Percebeu piora no sintomas de alguma das doenças? Clique aqui e fale com a Clinep pelo WhatsApp.

doenças contagiosas no vipzinho

Na região dos países asiáticos como a Coréia do Sul, por exemplo, era comum, muito antes desta atual pandemia, ver pessoas utilizando máscaras e proteções, devido ao histórico dos locais com outros tipos de doenças, incluindo algumas próximas ao que enfrentamos hoje em dia. Essa experiência também foi demonstrada pela agilidade em tomar decisões referentes a esta situação, devido ao entendimento de como os vírus costumam se comportar.

Mudança de regiões para evitar contágio de doenças

Essa é uma prática comum e que nem sempre é realmente viável. Neste ano pudemos ver, logo no inicio da pandemia, uma tentativa de migrar das cidades maiores, com maior número de habitantes, para as menores, do interior, onde teoricamente os espaços arejados e um afastamento natural preveniriam contaminações e a proliferação. Porém não é totalmente verdade, pois é necessário considerar que as cidades com estrutura menor não conseguiriam aguentar o número de pacientes em caso de contaminação, sendo imprescindível para o combate eficaz da doença, evitando um colapso na saúde local.

Ainda existe a possibilidade de pessoas já enfermas acabarem por sua vez contaminando regiões que estavam livres da doença, prejudicando uma série de pessoas e locais.

Seu filho tem sentido sintomas de alguma doença contagiosa? Clique aqui e converse com a Clinep pelo WhatsApp.

tratamento clinep no vipzinho

Como devemos cuidar das crianças em caso de doença contagiosa? 

A Clinep relata a necessidade de intensificar a higienização e cuidados como lavar as mãos frequentemente, utilizar álcool em gel caso não consiga realizar o anterior, evitar contato das mãos com o rosto, não compartilhar objetos pessoais. Em caso de tosse ou espirro, recomendar às crianças que o façam no antebraço ou utilizando um lencinho descartável.

Verificando um progresso nos sintomas, é importante a procura de um especialista para verificar o estado dos pequenos e ter certeza do que se está enfrentando. Além disso, evitar viajar, conforme citado anteriormente. O contato próximo com os médicos pode ser essencial nesse momento, já que o contato com as crianças e saber lidar com as diferenças entre cada uma. A Clinep traz um atendimento multidisciplinar e diversificado, e está atenta a todos os detalhes da saúde dos pequenos e se comunica para garantir os melhores resultados nos tratamentos.

Quer uma clínica que se preocupa de verdade com as crianças? Clique aqui e fale com a Clinep pelo WhatsApp.