Parque Cidade da Criança

O parque tem opções para crianças de todas as idades e para os adultos também.

4.0/51 Opiniões
Compartilhar:

A Cidade da Criança é o parque de diversões brasileiro localizado no centro da cidade de São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, atrás dos antigos estúdios da Companhia Cinematográfica Vera Cruz. Foi o primeiro parque temático do Brasil, tendo sido um empreendimento bastante ousado para a época e que atraiu muitos turistas para o município. Foi criada em 10 de outubro de 1968.

Era dividida em três áreas temáticas sendo uma delas totalmente voltada para a Amazônia, contendo uma réplica do Teatro Amazonas, da Ferrovia Madeira-Mamoré e diversas outras figuras características da região. Entre suas atrações mais famosas estavam uma réplica de submarino, um avião, o Minhocão (montanha russa), a Casa Maluca, entre outras.

Foi construído, inicialmente, como estúdio para gravação da telenovela Redenção, da TV Excelsior. Mesmo depois do fim da telenovela, em 1968, as visitas à cidade cenográfica continuaram.

Nesta nova fase inaugurada em 1 de julho de 2017, o parque traz nove brinquedos novos e quase um terço das 35 atrações foi atualizado. Tem opções para crianças de todas as idades e para os adultos também.

Brinquedos clássicos de 1970, que estão nas lembranças de infância de muita gente, continuam lá, como o submarino (esse não recomendamos, precisa ser reformulado totalmente), a xícara maluca e o teleférico. O avião continua no parque, mas não está em funcionamento e segundo a administração ele será reformado em breve.

As atrações que chegam ao parque este mês são: Drums , El Condor (barco viking infantil), Kaboom (elevador), Lolly Swing (chapéu mexicano), Magic Bee (mini montanha-russa), Sking Dance (xícara mais radical), Surf (vertical), Tapete Mágico (pêndulo) e Zumbilândia (trem em uma cidade Zumbi).

Das atrações antigas temos a Brocumela (mini montanha-russa para crianças), o Trenó aquático (desliza por rampa em uma piscina), o Teleférico (podem ir bebês também), o Barco Viking, o Brinquedão e a Cama Elástica.

Tem ainda o Carrossel (são três opções – Caminhãozinho, Texas e Tradicional), o Cine 4D, o Comboio, o Crazy House, o Elefantinho (como o Dumbo da Disney), o Elevador e o Elevador Kaboom, o Fire Chief, o Frog Hopper, os carrinhos de Bate-Bate (são duas pistas, uma para menores e outra para adultos e crianças maiores), o Mistério do Eldorado, o Twister e clássicos de parques de diversão, como a Roda Gigante e o Trem Fantasma.

Compartilhar:

1 Opiniões de Parque Cidade da Criança

Estela Pessilva 17 Opiniões
O parque precisa de algumas manutenções, mas as crianças se divertem bastante
4.0

Estive neste parque por duas vezes, comprei meu ingresso pelo site e ao trocar na bilheteria achei a funcionária um pouco despreparada, ela estava nos colocando o carimbos de ingressos de menor valor, que não dá o direito de usar todos os brinquedos, sendo que comprei o ingresso completo, sorte que nos atentamos a isso na hora e ela fez a troca para nós. Logo na chegada fomos no vale dos dinossauros, sentamos em um carrinho que deu uma volta de 360 graus em uma sala escura e com poucas réplicas, o passeio não dura nem 5 minutos, ele é a parte do ingresso comum custa R$ 10,00, se tivesse que pagar a parte eu não iria não, acho que não vale a pena. Minha sobrinha saiu chorando ficou com medo deste brinquedo. Minha filha amou o carrossel e fomos diversas vezes nele, o bom de adquirir o ingresso completo é por isso, você pode usar os brinquedos de forma ilimitada. De repente começou a chover, pela informação que a funcionária nos passou é a de que quando começa a chover podemos pegar um passaporte de retorno antes de completar uma hora de entrada no parque. Ainda tentamos ir em algumas atrações, mas são poucas opções em áreas cobertas, assistimos um filme no cinema 4D, sobre o fundo do mar com tubarões, as crianças também ficaram com medo deste filme. Fomos para a pista de carrinho que bate bate, mas minha filha não conseguiu sair do lugar, não alcançou os pedais ( tinha 2 anos e meio). Como a chuva não deu trégua tivemos que ir embora e voltar outro dia. Neste outro estava um sol maravilhoso deu para aproveitarmos bem. Mesmo minha filha tendo estatura baixa, pode curtir a maioria dos brinquedos, muitas monitoras abriram exceção estava com 88 centímetros e pode ir nos que a estatura mínima é 90. Tem muitas atrações para crianças de todas as idades e tamanhos. Fomos no teleférico tranquilamente minha filha foi no meu colo. O submarino como citado na descrição está bem velho, os animais aquáticos enferrujados e a água escura quase não dá para ver direito, também é uma atração à parte do passaporte comum, paga-se R$10,00 por pessoa. Tem uma lanchonete com lanches ou comida. O desconfortável é que há muitas pombas neste local. Tem até uma fonte onde as crianças brincam com água. Assistimos uma peça de teatro circense gratuita. O estacionamento fica na frente do parque. O legal é que quando o meu marido era pequeno se divertia por lá e agora podemos levar a nossa filha também. Precisamos voltar para conhecermos a fazendinha.

O que achou da opinião? Interessante 1 LOL 0 Amei 2

Eventos
X