Cuidados na gestação devem ser redobrados: Entenda como lidar com o coronavírus

A crise da proliferação do Coronavírus e as medidas de prevenção estão dominando a mente de muitos pais e mães preocupados não só com a própria saúde, mas também com a de seus filhos.

Para as gestantes e papais de recém-nascidos o caos da dúvida tem sido ainda mais desgastante, pois até então não haviam muitas informações sobre casos como estes.

Enquanto, no Reino Unido, uma equipe do Colégio Real de Obstetrícia e Ginecologia diz que, mulheres grávidas não parecem ser mais suscetíveis às consequências do coronavírus do que a população em geral. E nem que o vírus possa ser passado de mãe para filho durante a gestação, o CDC, agência norte-americana de controle e prevenção de doenças, relata que em geral as gestantes já são mais suscetíveis a doenças, devido as mudanças corporais constantes, então mesmo sem maiores informações sobre a ação do agente, é ideal considerar esse grupo como sendo de risco.


Quer saber mais na palma da sua mão?

Faça parte do nosso grupo de WhatsApp e receba boletins diários com todos os eventos infantis no ABC paulista. Clique aqui e participe!


Apesar das divergências em posição aos efeitos e ação do vírus, ambas as agências recomendam maior precaução e cuidado, também para recém-nascidos, e em caso de suspeitas de contaminação da mãe, é ideal o teste de ambos, mãe e bebê.

cuidados para gestante e recém-nascidos com coronavírus no vipzinho

Com relação a amamentação, não existem indícios de que algo possa ser transmitido através do leite. A equipe britânica também acredita que os benefícios já conhecidos da aleitamento materno podem ser uma grande arma contra o risco de infecção.

No contexto geral, o recomendado para gestantes e bebês, é evitar aglomerações, lavar as mãos regularmente, cobrir a boca ao tossir e espirrar, ficar em casa se estiverem doentes, evitar contato com pessoas doentes, e evitar tocar o rosto.

Anúncio:
Tendall Grill - Rudge Ramos