Como o mundo está se preparando para a volta às aulas presenciais

A pandemia não limitou seus efeitos ao brasil, ela foi em escala mundial e causou uma série de problemas em diversos setores, entre eles o da educação. As aulas presenciais nas escolas foram encerradas e reestruturadas em formato de vídeo aula, utilizando da tecnologia para reduzir o contato e por sua vez os riscos de contágio, e tentando preservar o ano escolar dos alunos de todas as idades. Porém, com o passar dos meses muitos países iniciaram um processo de retorno à normalidade, incluindo a reabertura das escolas. Mas como elas tem se saído? O que tem feito as equipes educacionais para garantir a segurança das crianças e de si mesmos?

criança voltando ao colégio na pandemia com vipzinho

Entre países que já iniciaram a sua reabertura escolar, podemos citar, Austrália, China, França, Finlândia, Dinamarca e Portugal. Até o momento os resultados tem sido válidos, mostrando que as medidas preventivas tem funcionado.

Quais as medidas tomadas em outros países para reabrir as escolas?

Reunindo exemplos dos locais já citados podemos perceber diversas atitudes tomadas de forma semelhante. Em sua maioria as escolas tem atuado com redução do número de alunos, mudança de horários de entrada, saída e refeições, para evitar aglomerações nos ambientes, permitindo melhor circulação de pessoas.

A distribuição de máscaras e álcool em gel está sendo feitas pelas instituições de ensino, colocando dispensers em todos os ambientes possíveis. O distanciamento também está sendo aplicado, não só pelos alunos, que agora sentam em carteiras com 1 a 2 metros de distância umas das outras, mas também pelos professores que devem permanecer a essa mesma distância dos alunos nas primeiras carteiras da sala.

 

Aulas ao ar livre se tornaram comum em boa parte dos países, devido ao seu baixo risco de contágio. E, aulas de educação física passaram a focar em exercícios que reforcem o condicionamento físico e habilidades individuais. Apesar de terem retornado com o ensino presencial, atividades on-line continuam sendo aplicadas, para evitar contato entre alunos e professores, além de contato com maior número de materiais.

E quanto as aulas presenciais no Brasil?

Apesar de não se saber datas exatas sobre retorno escolar, temos diversas partes do país com aulas sendo aplicadas por métodos diferentes, como ao livre, trazendo a mesma referência do exterior. Na região do ABC Paulista, escolas tem se organizado e aproveitado enquanto não há oficialização para organizar seus ambientes, e treinar seus funcionários, pois entendem que para reabrir é necessário muito planejamento prévio.

O Centro Educacional Solaris (Rua dos Canudos, 56 – Casa Branca, Santo André), por exemplo, ainda está estudando exatamente qual será o número de alunos que retornará para as aulas presenciais, verificando as principais necessidades dos pequenos e de seus pais, na intenção de garantir o cumprimento da taxa de 35% estabelecida pelo governo do estado de São Paulo, e ao mesmo tempo dar suporte às famílias.

criança voltando as aulas presenciais na pandemia com vipzinho

O C. E. Solaris já estruturou diversas medidas profiláticas, reestruturando seu protocolo de ação, o qual já havia sido feito no inicio da pandemia, o deixando pronto para o retorno das crianças. A entrada e saída será controlada para evitar aglomerações, os alunos terão a temperatura medida. Nas salas, corredores e demais áreas de convívio terão dispensers de álcool em gel para uso de todos.

Os alunos serão conscientizados e ensinados sobre a higienização das mãos e sua importância, e os ambientes serão higienizados a cada turno. Máscara facial será de uso obrigatório durante o período escolar. O centro Educacional Solaris tem se destacado pelo acolhimento as crianças e suas famílias, garantindo que o retorno será ainda mais seguro.