Atendimento humanizado: Unidade de saúde em Santo André cria sala de acolhimento para crianças

 Atendimento humanizado: Unidade de saúde em Santo André cria sala de acolhimento para crianças

Uma sala toda decorada, cheia de brinquedos, jogos, frutas e guloseimas. Esse é o desejo de qualquer criança. E se tornou realidade na Clínica da Família Sylvia Augusta dos Santos, que fica no Jardim Santo André. O espaço, criado em outubro de 2022, não podia ter outro nome que não fosse Sala dos Sonhos. Ali, funcionários da unidade de saúde recebem crianças para acolhimento e criam vínculo mais forte com elas.

“Nosso território vive com a triste realidade de atender crianças que sofrem diversos tipos de violência. Além de situação precária para o estímulo de aprendizagem e desenvolvimento. Apesar de saber que nossa rede possui suporte de atendimento, notei que os profissionais tinham insegurança para realizar os atendimentos, pois isso envolvia a segurança deles e a segurança da unidade, já que estamos em uma área de vulnerabilidade extrema”, explica a gerente da unidade, Kelly Cristina Almendro.

O projeto tomou forma com o envolvimento de vários funcionários. “O espaço foi desenvolvido para transmitir paz, segurança, amor ao próximo e momentos de humanização para estas crianças, além de brincadeiras que estimulem o desenvolvimento do autismo leve. O papel fundamental do projeto é mostrar para essas crianças que o mundo não é por inteiro mau e ali plantar uma sementinha de amor que possa florescer neles em algum momento de suas vidas”, acrescentou a gerente.

Anúncio:

A decoração da sala foi feita de forma voluntária pela funcionária da limpeza, Vanderleia Cândido, e os brinquedos foram doados pelos filhos dos profissionais que atuam na unidade. A Sala dos Sonhos também teve apoio do funcionário administrativo Adriano Rodrigues Marin. Os atendimentos são realizados às sextas-feiras no período da manhã pelos funcionários da unidade.

Um dos primeiros usuários da Sala dos Sonhos foi Enzo Reis Sais, 4 anos, que estava acompanhado da mãe Alessandra Sais Dias Reis, 28, do pai, Leandro Reis Ferreira, 34, e da avó paterna Maria Rosário Santos Reis, 65. De acordo com a família, o garoto apresenta muitas dificuldades de relacionamento e de aprendizagem, fala pouco e por isso está em processo de diagnóstico com suspeita de TEA (Transtorno do Espectro Autista).

“Ele adorou essa sala. Enzo tem muitas dificuldades para brincar na escola, é muito certinho, fica separando os objetos por cores e não gosta de muitas pessoas falando. Depois que ele veio no projeto, no dia seguinte percebemos uma melhora no comportamento dele, ainda pequena, mas ele já brincou com os carrinhos dele com as rodas viradas para baixo, por exemplo”, explica Alessandra.

Enzo está sendo atendido uma vez por semana na Sala dos Sonhos. Ele fica por uma hora aproximadamente no espaço. “Quando tínhamos que trazer ele aqui na clínica para passar com o médico já começava a chorar e gritar antes de chegar na recepção. Agora ele pede para vir para o posto. Isso foi muito bacana”, destaca Alessandra.

Nossa equipe não mede esforços para atender bem os munícipes que nos procuram. A ideia desta sala é justamente essa, fazer o acolhimento das crianças e criar uma relação de confiança com os profissionais da unidade. Os primeiros resultados estão nos deixando bastante otimistas”, comenta o secretário de Saúde, Gilvan Junior.

A Sala dos Sonhos da  Clínica da Família Sylvia Augusta dos Santos é um projeto-piloto da Secretaria de Saúde e, de acordo com os resultados no acolhimento das crianças e famílias, pode ser levado para outras unidades de saúde do município.

sala de acolhimento

*Imagens: Eduardo Merlino.


Quer saber mais na palma da sua mão?

Faça parte do nosso grupo de WhatsApp e receba boletins diários com tudo para as crianças no ABC paulista. Clique aqui e participe!

Anúncio:
Tendall Grill - Rudge Ramos